Carro Clonado – O que fazer?

Tudo sobre a clonagem de veículos, saiba o que fazer se seu carro foi clonado ou conheça os principais cuidados, o que fazer se meu carro for clonado?





GOSTOU? ENTÃO CLIQUE EM:

Um dos crimes que mais cresce no Brasil é a clonagem de veículos, para você que ainda não conhece é bom ficar atento. De acordo com estimativas de autoridades policiais, a explicação é simples: ela é considerada na atualidade uma das atividades criminosas mais “rentáveis”, principalmente considerando seu “custo-benefício”, já que a fraude pode nunca ser descoberto

Na maior parte das vezes a clonagem ocorre por encomenda, alguma pessoa faz o pedido para o clonador, então o ladrão puxa (rouba) o automóvel, uma oficina faz a adaptação necessária no chassi e o clonador “esquenta” o carro, transformando-o em um veículo regular, com documentos aparentemente legais.

Como saber se meu carro está clonado?

A maneira mais comum de se descobrir se o seu carro está clonado é quando você recebe a multa de uma infração que não cometeu, como aconteceu com diversos casos no Brasil inteiro.

Meu carro foi clonado, o que fazer?
Você deve estar se perguntando o que fazer ao descobrir que meu carro foi clonado? Primeiro deve-se procurar a corregedoria do Dentran, no setor de combate à clonagem, ou na delegacia mais próxima para fazer um boletim de ocorrência. O processo de investigação é aberto e dura cerca de 20 dias.

Principais cuidados para não ter o carro clonado.
Não há um modelo de caro que mais seja clonado ou menos clonado, é ao gosto da pessoa que faz a encomenda, diz a polícia que investiga grandes casos. Modelos com maior volume de vendas são mais fácies a serem clonados. Os modelos mais fáceis para os ladrões são os de cores diferenciadas, fora do básico preto ou prata.


Receba gratuitamente atualizações, promoções e novidades exclusivas.


Artigos Relacionados:

Deixe um comentário